É MELHOR SER ALEGRE QUE SER TRISTE


Reprodução Fotosite

Fotógrafo de moda mira suas lentes em um campo de refugiados no Congo

Acostumado a clicar celebridades como Kate Moss e Britney Spears, o fotógrafo de moda John Rankin focou uma outra passarela na República do Congo. O cenário, o campo de refugiados Mugunga, perto da fronteira com Ruanda, onde procurou retratar a “beleza e espírito” das pessoas que fogem da violência que assola o país.

As imagens renderam a exposição Rir um Pouco, aberta nesta terça-feira, 21, em Londres, e que faz parte do projeto ONG Oxfam, que tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a situação do país africano.

Com o mesmo estilo que utiliza para fotografar belas modelos nas passarelas, Rankin buscou mostrar o lado humano do povo de Mugunga. Ir além dos registros tradicionais, fugindo do clichê visto constantemente nas fotografias das vítimas de conflitos.Após concluir o projeto, Rankin pendurou as dezenas de fotografias os refugiados em um varal, exibindo-as em praça pública.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s