Fotos Leandro Nunes

Valorização do Making masculino e a quebra de expectativa!


Poucos fotógrafos dão valor ao Making of masculino, me lembro que eu era um dos poucos fotógrafos, nos anos 90 a querer gastar filmes com isso, acreditando que o casamento não é apenas um sonho feminino.

E continuo com este mesmo sentimento, por isso peço para que o noivo antecipe o seu making para ter tempo de produzir, fotometrar e garantir imagens diferentes e tão bonitas como o da noiva.

É uma pena que o machismo e a ignorância prevalece na maioria dos noivos!

085034

 

 

085928

 

 

091419

 

 

091714

 

 

092723 (1)

 

 

093145

 

 

093342 (1)

 

 

093452 (1)

 

 

094225 (1)

 

 

094402

 

 

 

E o que falar do book externo, hoje chamado de Trash the Dress…e vamos combinar, qual noiva deixa seu vestido um lixo de verdade!

Como é muito difícil encontrar uma noiva que queira estragar o que investiu e no Brasil se aluga mais do que se compra, os books externos caracterizados levaram o nome americanizado.

Andrea e Anderson, haviam combinado fotografar seu Trash the Dress em uma praia de Maceió, bom, estamos falando do CARIBE brasileiro…mas aí o tempo mudou e fechou com pancadas de chuva espaças, onde  faríamos o trabalho…e o resultado está aí, tirando o coelho da cartola quando é quebrada a nossa expectativa.

153658

 

 

153333

 

 

153255

 

 

154642

 

 

154232

 

 

153942

 

 

161509

 

 

160921

 

 

160157

 

 

155532

 

 

172009

 

 

171750

 

 

171001

 

 

165959

Para de reclamar e vai trabalhar – (post revival)


Quando o fotografo está começando, é incrível como se coloca problemas para começar a ganhar dinheiro. Muitos alegam que não tem o equipamento certo, outros não sabem cobrar e tem aqueles que dizem não ter espaço suficiente para produzir um bom book. Bom, eu precisei apenas de 1 metro quadrado, duas placas de isopor de 1m x 2m, jornais e uma única fonte de luz elétrica, um flash de 400watts com uma colméia que poderia ser feito muito bem com um único flash TTL ou uma luz contínua com ISO alto.

Meu estúdio tem 180 metros quadrados de área útil, mas precisei apenas de 1 metro quadrado.Todas as fotos com ISO 100, 1/125 , f 5.6

Se você é um destes fotógrafos que gostam de reclamar das PEQUENAS possibilidades que você tem, comece a arregaçar as mangas e vai ganhar o seu dinheiro. UM SIMPLES BOOK DESTES PODE TE RENDER R$ 900,00 NO MÍNIMO!

Acredite mais em você e para de acreditar em folclore de fotógrafos aposentados ou incompetentes que sairam do mercado por falta de criatividade é técnica.

Você pode muito bem fotografar em 1 metro quadrado.

Boas fotos

Sair da zona de conforto


O que é sair da zona de conforto na fotografia?

Podem ser várias situações, mas quero ilustrar os ângulos.

As possibilidades são enormes quando buscamos enquadramentos diferentes, saia da altura do olhos, abaixe, levante o máximo que puder, use acessórios para buscar ângulos diferenciados.

Esta foto eu usei o tripé uma D7000 com objetiva sigma fisheye 8mm f4 , ISO 3200 – 1/40 de velocidade

Gestante diferente!


Pra fazer esta foto me inspirei no meu parceiro de fotografia Wagner  Nascimento, da escola Imagetech.

Ele fez fotos de uma banda chamada Levels  www.bandalevels.com.br.

Usei 4 flashs no  modo Master e Slave com o diafragma bem fechado, f22 consegui a estrela na luz, e com 1/160 de velocidade o blackout  no ambiente o ISO foi 100.

A gestante em questão é uma grande fotógrafa Bruna Trevizan de Ponte Nova,  junto com seu marido Marcelo Reale, www.marceloreale.com

Teste com a D7000 – fotografia


Bom, este trabalho fiz pra fotógrafa Dani Quintão.

Os noivos são gringos e a noiva adora a cor azul.

Como eu era o fotógrafo tradicional, procurei ter uma pitada de jornalismo na cobertura, evitei de usar muito o flash  para não atrapalhar a luz contratada e ao mesmo tempo ter imagens inusitadas da cerimônia acontecendo na boate.

Em relação a máquina em questão…

UM ESPETÁCULO CUSTO x BENEFÍCIO!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Flavia e Antonio Filho


Este slideshow necessita de JavaScript.

Preferi colocar as imagens sem pós produção para vocês terem uma idéia de como é a captação de luz original de um bom evento.

O casamento é de um dos fotógrafos mais bem conceituados do estado  do Mato Grosso.

A responsabilidade foi dobrada e trabalhei colocando um pouco do meu estilo aliado ao estilo do cliente.

Hoje não sei se sou um fotojornalista ou um bom fotógrafo tradicional de casamento.

Ainda gosto do bom retrato , alegria , felicidade para fotografar casamentos e principalmente a LUZ COMO ELA É!.